Pick-upau online

 

Notícias+

Estado de São Paulo avança com o Inventário de Emissões de GEE
Pick-upau colabora com o 1° Relatório de Referência do Estado de São Paulo de GEE

06/05/13 - Seguindo as diretrizes da Política Estadual de Mudanças Climáticas, o Estado de São Paulo avança no fomento de dados para a mitigação das mudanças climáticas. Com o lançamento do 1º Inventário de Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Diretos e Indiretos do Estado de São Paulo, a unidade de mais rica da federação contribui para a metodologia e a implementação de políticas públicas voltadas ao combate do aquecimento global.

Cetesb/Divulgação

Várias empresas da iniciativa privada, órgãos governamentais, pesquisadores, instituições de pesquisa e organizações não governamentais colaboram para a compilação dos dados, entre elas a Agência Ambiental Pick-upau.

Saiba mais sobre Proclima
O 1º Inventário de Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa (GEE) Diretos e Indiretos do Estado de São Paulo foi apresentado, para o período de 1990 a 2008, na manhã do dia 20 de abril de 2011 na sede da CETESB/SMA. O evento contou com a participação de representantes da sociedade civil e do Poder Público totalizando cerca de 300 pessoas nas dependências do anfiteatro “Augusto Ruschi”. Em novembro de 2010, foi divulgado um estudo preliminar reportando somente as emissões de GEE do ano de 2005, em atendimento à Política Estadual de Mudanças Climáticas (Lei 13.798/2009).

Estavam presentes na mesa de abertura o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, o presidente da CETESB, Otavio Okano, o ex-secretário responsável pela criação do Programa Estadual de Mudanças Climáticas (PROCLIMA) em 1995, Fábio Feldman, o embaixador do Reino Unido no Brasil, Alan Charlton e o secretário adjunto de Saneamento e Recursos Hídricos, Rogério Menezes. Os convidados apresentaram um panorama da importância desse inventário no apoio ao desenvolvimento de medidas de redução das emissões dos GEE na transição para uma economia de baixo carbono no estado. Destacou-se também a importância da parceria com a Embaixada Britânica ao longo de todo o processo de desenvolvimento do projeto de elaboração do 1º Inventário de Emissões de GEE do Estado de São Paulo.

Josilene Ferrer, Secretária Executiva do PROCLIMA, relatou o processo de coordenação da elaboração do inventário, baseado na busca pela transparência e consistência dos resultados. Para isso, o projeto contou com a formação de uma ampla rede de autores, revisores e colaboradores produzindo informações de alta qualidade. Foi enfatizado que todas as memórias das reuniões técnicas realizadas durante o processo, assim como os 26 Relatórios de Referência que compõem o documento apresentado, ficaram disponíveis para acesso no site do Inventário de GEE do Estado de São Paulo.

Os resultados do inventário foram apresentados pelo Coordenador do PROCLIMA, João Wagner Alves, que no início de sua apresentação discorreu sobre os objetivos, as diretrizes, os GEE e os setores inventariados do documento. A necessidade de elaboração de um inventário para São Paulo foi justificada, também, pelo fato de o perfil das emissões do estado apresentar uma realidade diferente das emissões publicadas no inventário nacional. Assim, o inventário nacional não é capaz de subsidiar o governo do estado na tomada de decisões para implantação de políticas públicas de mitigação dos GEE, já que enquanto 75% das emissões do país são causadas pelo desmatamento, no cenário estadual a principal fonte de emissão é o setor energético.

A comparação dos resultados de 1990 e 2008 demonstrou um aumento de 63% das emissões de CO2, principal GEE. Já entre 2005, ano base para definição das metas de redução, e 2008 o aumento foi de 7%. Responsável por cerca de 57% das emissões de GEE no ano de 2005, o setor energético tem sua maior emissão nos transportes (55,3%), devido principalmente ao emprego de combustíveis fósseis, seguido pela emissão das indústrias (30,1%). Foi apresentada também, uma comparação entre as razões das emissões pelos respectivos PIB do Estado de São Paulo e do Brasil. Essa comparação indica que a economia estadual, apesar de ser responsável por um terço do PIB nacional, emite 20% do que seria emitido pelo país para gerar a mesma quantidade de riqueza. Saiba mais: www.cetesb.sp.gov.br
Fonte: Cetesb

Sobre o Programa Atmosfera
Atmosfera é um projeto socioambiental que permite a neutralização e a compensação de emissões de gases do efeito estufa (GEE), sobretudo o dióxido de carbono (CO2). Toda e qualquer atividade antrópica gera a emissão de gases do efeito estufa, o que tem levado ao desequilíbrio das condições climáticas da Terra, comumente chamado de aquecimento global. Estas ações - ou pelo menos, parte delas -, podem e devem ser neutralizadas por pessoas físicas ou jurídicas, por meio do plantio de árvores nativas brasileiras, identificadas por georreferenciamento e monitoradas ao longo de seu desenvolvimento para que sua contribuição na mitigação dos gases de efeito estufa apresente a transparência e credibilidade que devem ser inerentes à proposta.

Atualmente, empresas que atuam de forma planejada visando promover o desenvolvimento sustentável, têm se destacado. É fato que as maiores corporações do planeta têm investido em ações e programas de responsabilidade socioambiental. Ser uma empresa socialmente responsável – pode orientar uma decisão de investimento (acionista), de compra (distribuidor) ou de consumo final (cidadãos). Destarte, os benefícios podem ser observados nas seguintes situações internas e externas das organizações, entre eles: valorização da imagem institucional e da marca; reconhecimento e maior fidelidade do consumidor; aumento da motivação dos colaboradores; atração e retenção de talentos; flexibilidade e capacidade de adaptação; diminuição de conflitos; maior longevidade; acesso a capitais e mercados.

Em consonância com esta demanda, nos últimos anos o Pick-upau tem desenvolvido vários projetos ambientais de neutralização de emissões de GEE, atendendo a empresas e pessoas físicas com a nova visão de seu papel na sociedade. Saiba mais: www.atmosfera.org.br

Reprodução

Faça o download do documento.

Reprodução

Faça o download do documento.

Da Redação
Fotos: Cetesb/Divulgação

 

 
 
Copyright 2013 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
Fazendo você entender o Meio Ambiente por inteiro.