Operação com 60 homens realiza apreensão de redes, barcos e equipamentos de pesca

 
 
 

São Paulo/Brasil - Mais de três mil metros de redes de pescas com malhas de várias dimensões foram apreendidos em uma operação realizada na quarta-feira (4/5) na região da Represa Rio das Pedras, em São Bernardo do Campo, nas proximidades do Caminho do Mar. A operação foi coordenada pela diretora Adriane Tempest, do Núcleo Cubatão do Parque Estadual da Serra do Mar, vinculado ao Instituto Florestal, órgão da Secretaria do Meio Ambiente do Estado.

A operação, que se estendeu das 8 às 16 horas, envolveu, além do Instituto Florestal, equipes da Polícia Militar Ambiental Unidade de São Bernardo do Campo, as secretarias municipais de Habitação e Meio Ambiente, de Transporte, de Obras e de Saúde, além da Guarda Civil, da Prefeitura de São Bernardo do Campo, Polícia Militar Rodoviária, Delegacia Especializada de Meio Ambiente - DICMA, DERSA e EMAE.

Um total de 60 pessoas, utilizando um helicóptero, barcos, carros e caminhões, num total de 25 viaturas, foi acionado para verificar a situação das invasões, caça e pesca predatórias, acampamentos e construções irregulares em áreas de preservação permanente para o uso dos pescadores e caçadores, além de atividades comerciais também irregulares.

Junto com os três mil metros de redes de pesca, foram apreendidos 23 barcos de alumínio e madeira, 3 caiaques, 9 remos e 10 facões. Nos acampamentos, foram encontrados lonas, colchões, panelas, combustível, ração para peixes, sofá, tralhas de pesca e uma grande quantidade de lixo em algumas ilhas, onde cerca de 40 pessoas foram retiradas, sendo que algumas poderão ser indiciadas por crime ambiental.

 
 
 

Fonte: Comando de Policiamento Ambiental Estadual de São Paulo
Fotos: Polícia Ambiental de SP