Pick-upau online
 
Centro de Estudos e Conservação da Flora#
 
CECFLORA
 
Desde 1999 a Agência Ambiental Pick-upau trabalha para promover a preservação e a conservação da natureza. Nesses anos a organização, fundada em São Paulo, investiu na educação e no jornalismo ambiental, através do Portal Pick-upau; fomentou metodologias para a mitigação de mudanças climáticas, através do Programa Atmosfera; integrou em suas ações a produção florestal de mudas nativas e promoveu a recuperação de áreas degradadas, o enriquecimento genético florestal, o reflorestamento de corredores ecológicos e áreas de preservação permanente, entre outras metodologias de restauração ecológica, a partir do Projeto Refazenda.

Mantém um acervo de informação com diversos tipos de publicações em inúmeras mídias, todas organizadas no Projeto Outono. Investe constantemente em pesquisa científica voltada à conservação da biodiversidade e a produção de conteúdo técnico e cientifico através do Projeto Darwin e da publicação da Darwin Society Magazine.

Pick-upau/CECFLORA/Divulgação

CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora

Em 2016 a Agência Ambiental Pick-upau lança uma nova e importante ferramenta para a união de todas essas atividades a para fomentar a pesquisa em outras áreas da conservação ecológica, o Centro de Estudos e Conservação da Flora – CECFLORA.

O CECFLORA nasceu do planejamento para integrar todas as áreas de atuação da Pick-upau e deste modo mantém o viveiro florestal e seus equipamentos como incinerador orgânico, composteira, minhocário, estufa florestal, germinadores; laboratório de biodiversidade; seção de micologia; herbário; xiloteca; insetário; alojamento de intercâmbio científico; horta orgânica experimental; passaredo, que centraliza as atividades de observação de aves; além da sede, mata nativa, pomar, entre outros equipamentos.

O Centro de Estudos e Conservação da Flora – CECFLORA é uma realização da Agência Ambiental Pick-upau que conta com financiamento do Fundo Nacional sobre Mudanças do Clima – FNMC, do Fundo Nacional do Meio Ambiente – FNMA, ambos do Ministério do Meio Ambiente – MMA; patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental; apoio do Banco Itaú-Unibanco, através do Programa Ecomudança, da República Federal da Alemanha, além de outros parceiros que contribuem constantemente em nossas atividades científicas.

Da Redação