Pick-upau online
 
Centro de Estudos e Conservação da Flora#
 
Mata Nativa
 
O Centro de Estudos e Conservação da Flora – CECFLORA está inserido próximo a áreas protegidas da Mata Atlântica, essenciais para a proteção dos recursos hídricos, da biodiversidade e dos remanescentes de um bioma tão ameaçado.

Espécies chave como a anta, o pavó, a onça-parda, o bugio, a araponga, o cachorro-do-mato e o tucano-de-bico-verde são exemplos de animais que ocorrem na região. Além da fauna, a área apresenta enorme importância para a flora, abrigando espécies ameaçadas como a palmeira-juçara e a araucária.

Pick-upau/CECFLORA/Divulgação

CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora

A região contém muitas áreas de preservação permanente e áreas de reserva legal, instrumentos importantes para a preservação da biodiversidade em áreas rurais, promovendo diversos serviços ecossistêmicos.

Diante da importância de sua localização e, sobretudo, visando contemplar os objetivos da Agência Ambiental Pick-upau de preservação e conservação, o CECFLORA possui importante papel na conservação das espécies da flora e da fauna do Bioma Mata Atlântica, em seu interior há espécies como o cedro-rosa, palmeira-juçara, araucária, palmeira-jerivá, pau-pólvora, manacá-da-serra, capixingui, aroeira-pimenteira, quaresmeira, embaúba, entre outras.

Constantemente são realizados plantios de espécies como pau-formiga, urucum, piteira, taiuva, jurema, pata-de-vaca, mutambo, jurema, mulungu, primavera, maracujá, além do enriquecimento com bromélias e plantas ornamentais. Este enriquecimento promove benefícios para muitas espécies de aves como beija-flores, sanhaços, bem-te-vis, gaturamos, caneleiros e pica-paus, que são registrados no interior do CECFLORA.

Pesquisadores da Pick-upau também utilizam as áreas de mata do CECFLORA para monitorarem ninhos e para a semeadura de espécies como olho-de-cabra, palmeira-jerivá, guarapari e palmeira-juçara, que depois são repicadas no Viveiro Florestal Refazenda. A Organização ainda realiza coleta de sementes em suas matrizes.

Da Redação