Pick-upau online
 
Centro de Estudos e Conservação da Flora#
 
Viveiro Florestal
 
O Viveiro Florestal Refazenda tem como objetivo a produção de mudas nativas, para que sejam utilizadas na arborização urbana, na restauração de áreas degradadas e na implantação de sistemas agrosilviculturais. No viveiro, é realizada a semeadura direta ou indireta das sementes, que a partir de uma determinada altura começam a ser adubadas até adquirirem porte adequado para plantio em local definitivo.

Cada espécie possui suas características, algumas sementes podem ser armazenadas por um período maior de tempo que não perdem a viabilidade, outras precisam ser semeadas logo após a sua colheita. Algumas sementes possuem dormência, endógena ou exógena, como a Canafístula (Peltophorum dubium), o Sansão-do-campo (Mimosa caesalpiniifolia) e o Mutambo (Guazuma ulmifolia), e para que germinem é necessário realizar tratamentos para que esta dormência seja superada, outras não possuem, como a Pata-de-vaca (Bauhinia forficata), Dedaleiro (Lafoensia pacari), Paineira (Chorisia speciosa), Pau-d’alho (Gallesia integrifolia), Piteira (Senna pendula) e Urucum (Bixa orellana).

Pick-upau/CECFLORA/Divulgação

Viveiro Refazenda

Para a composição do substrato são utilizadas terra adubada ou terra de subsolo, matéria orgânica como esterco curtido, composto e mineral como vermiculita e fertilizantes, respeitando a quantidade adequada para que o substrato tenha a porosidade adequada, seja leve, isento de patógenos e que forneça sustentação a muda. É necessário ficar atento para a presença de pragas como cochonilhas, paquinhas, pulgões, lagartas, formigas, gafanhotos e grilos, e doenças como ferrugem, tombamento e podridão de raízes, havendo ocorrência de alguma delas, realiza-se a catação manual, aplicação de inseticidas, iscas formicidas e calda bordalesa como agente fungicida. Após a aclimatação das mudas com a sua disposição em ambiente a pleno sol e irrigações menos frequentes, realiza-se a destinação para o seu local de plantio.

O Viveiro foi criado a partir do projeto institucional Refazenda em 2007, pela Agência Ambiental Pick-upau, possui parceria na forma de financiamento e patrocínio do Fundo Nacional sobre Mudanças do Clima – FNMC e do Fundo Nacional do Meio Ambiente – FNMA, ambos do Ministério do Meio Ambiente; do Banco Itaú-Unibanco, através do Programa Ecomudança; do Governo da República da Alemanha; da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, entre outros. Atualmente produz mais de cem espécies florestais de vários biomas brasileiros.

Da Redação