Água para todos
Vamos fechar a torneira e economizar
 

A água não é um recurso infinito, isso você já deve saber. Muitas regiões do planeta como a África já sofrem com a escassez de seus recursos hídricos e pessoas e animais começam a morrer com a falta de água. As previsões de cientistas e especialistas são pessimistas e caberá a nós preservarmos e mantermos os recursos naturais de nosso planeta.

Desperdícios e mau uso da água já são inadmissíveis e teremos que nos esforçar para reverter este declínio da água na Terra. E por falar em desperdício você sabia que uma torneira de lavatório (banheiro) aberta meia volta gasta cerca de 16 litros por minuto? Veja a seguir como desperdiçamos água todos os dias e saiba como evitar essas práticas.

Uma pessoa que escova os dentes duas vezes por dia e deixa a torneira aberta por apenas um minuto, em um mês desperdiça cerca de 960 litros de água. Mas se esta pessoa utilizar um copo de 200ml para enxaguar a boca, após a escovação, pode economizar durante o mês, cerca de 948 litros de água. Esta economia seria suficiente para que 79 pessoas fizessem o mesmo processo. E mais, a água economizada durante 70 anos - a expectativa média de uma pessoa -, seria possível que cerca de 67 mil pessoas pudessem realizar este procedimento durante 1 mês. Você não acha que faz diferença?

Vamos acabar com o pinga pinga. Você sabia que pode estar desperdiçando 1.380 litros de água por mês? Uma torneira mal fechada, que desperdiça pouco mais de 1 gota por segundo, joga fora 46 litros de água em 1 dia. Com a água desperdiçada durante o mês (1.380 litros) você poderia utilizar uma lavadora de roupas com capacidade para 5 quilos por dez vezes. Veja como você pode diminuir seu consumo mensal e pagar menos no fim do mês.

Fique atento quanto a vazamentos em sua residência ou empresa. Um furo de apenas 2mm em um dos canos de abastecimento da edificação desperdiça cerca de 3.200 litros de água por dia. Em apenas um mês, o desperdício pode chegar a 96 mil litros. Isso seria suficiente para atender o consumo de uma família de quatro pessoas (quatro pessoas consomem cerca de 240 litros por mês de água para beber) durante 33 anos. Vale a penar ficar atento!

Cerca de 405 mil litros de água poderiam ser economizados. Sabe como? Uma pessoa que utiliza o chuveiro, durante dez minutos, com meia volta da torneira aberta, consome cerca de 162 litros de água. Caso esta pessoa reduza pela metade o uso (cinco minutos) seria possível economizar 30 mil litros por ano. Se apenas 10% da população da cidade de São Paulo tivessem a mesma atitude, a água economizada poderia abastecer 405 mil pessoas durante um ano. Vale lembrar que muitas cidades brasileiras não possuem nem 10% desta população. Seria uma grande economia.

E quem lava a calçada com mangueira? Além de ser desnecessário, pode desperdiçar, em média, durante um ano, mais de 1.700 litros de água. Isso seria suficiente para atender a necessidade de uma pessoa durante 47 anos (água para beber). É ou não desperdício?

Você sabia que após uma campanha de conscientização pelo uso racional da água a população tende a economizar de 20% a 30%. É por isso que governo, sociedade e iniciativa privada devem investir também na informação. Veja um exemplo: Uma escola com 2.000 alunos, que consome cerca de 15 litros de água por aluno ao dia, se economizasse apenas 30% seria possível abastecer mais de 6 milhões de pessoas durante um dia. Para se ter uma idéia a maior cidade brasileira, São Paulo, possui pouco mais de 10.000 milhões de habitantes.

As empresas também podem colaborar com a economia. Imagine um conjunto de prédios comerciais freqüentados por cerca de 5.000 pessoas por dia muito comum em grandes cidades. Se os lavatórios dessas edificações tiverem torneiras com fecho automático, a economia pode chegar a 20%. A contenção gerada é equivalente à vazão das Cataratas do Iguaçu por mais de dois minutos, isso seria suficiente para abastecer mais de 40 mil pessoas durante um mês. E mais, se esta torneira tiver um sensor para controlar a abertura a economia pode chegar ao dobro. Pense nisso!

Fonte: Sabesp Empresa de Saneamento Básico do Estado de São Paulo
IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas
Ministério do Meio Ambiente
Agência Ambiental Pick-upau
Pick-upau 2006 São Paulo Brasil