Caça e pesca ilegais no reservatório de Ilha Solteira

 
 
 

São Paulo/Brasil - Policiais ambientais surpreenderam, após duas horas de observação por meio de binóculo, o pescador profissional Adão Garcia Paiva e o pescador amador Claudiomir Rodrigues praticando caça e pesca ilegais no Reservatório de Ilha Solteira, junto à Ponte de Suzanápolis, no Município de Suzanápolis.

Ação ocorreu às 9 horas do dia 21 de dezembro último, envolvendo o capitão Cesar, sargento Fernandes, cabo Boneto e soldado Viana, do 4º Batalhão da Polícia Ambiental, que encaminharam os envolvidos ao Distrito Policial, onde o delegado Vanderlei Aguiar Leão registrou a ocorrência.

Segundo os policiais, em ação de fiscalização pelo local, a guarnição surpreendeu os envolvidos que já tinham abatido um filhote de capivara e pescado 15 quilos de mandis, cascudos, corvinas e piranhas. Foram apreendidos ainda 1 barco de alumínio de 6 m comprimento, 1 motor de rabeta, 4 remos, 8 redes de pesca totalizando 486 m, 1 tarrafa de "nylon", 2 facas, 2 facões, 1 afiador e 1 cachorro sem raça definida.

Acionados pelos policiais ambientais, uma equipe da Polícia Científica de Andradina, composta pelo perito Nilton e pelo fotógrafo Paulo, compareceu ao local para elaborar um laudo sobre a ocorrência.

 
 

FFonte: Comando de Policiamento Ambiental Estadual de São Paulo
Fotos: Polícia Ambiental de SP