Pick-upau vence eleição do Consema
Aliança entre o Pick-upau e o Pró-Carnívoros assegura vaga no Consema

13/09/2010 - Foi realizada, no último dia 09 de setembro, a plenária das eleições do Consema – Conselho Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, para a nova delegação das organizações não-governamentais que representarão a sociedade civil nos próximos anos.

Pick-upau/Divulgação
Eleição no Consema.

Estavam em disputa seis vagas titulares e seis suplentes. Uma aliança entre a Agência Ambiental Pick-upau e o Instituto Pró-Carnívoros, com o apoio do Instituto Papel Solidário, foi eleita e ocupará uma das seis vagas disputadas.

Em breve o Pick-upau divulgará um canal de comunicação exclusivo para as organizações cadastradas no CadEA – Cadastro de Entidades Ambientalistas, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, para facilitar a participação dessas organizações no Consema e para que Pick-upau tenha acesso as questões ambientais de cada região do Estado.

Pick-upau/Divulgação
Eleição no Consema.

O Consema é o conselho máximo no Estado de São Paulo e é responsável pela deliberação de importantes aprovações como as obras do Rodoanel; a ampliação de portos, como o de São Sebastião; a expansão do Metrô de São Paulo; a aprovação de aterros sanitários; a regulamentação de represas, como a Billings; passando por planos de manejo de Unidades de Conservação estaduais e a liberação da construção de dutos da Petrobras, como acontece no litoral norte.

Pick-upau/Divulgação
ONGs debatem estratégias para a eleição.

Sobre o Pick-upau
O Pick-upau é uma organização não-governamental sem fins lucrativos de caráter ambientalista 100% brasileira dedicada a preservação e a manutenção da biodiversidade do planeta. Fundada em 1999, por três ex-integrantes do Greenpeace-Brasil e originalmente criada no Cerrado brasileiro, tem sua base, próxima a uma das últimas e mais importantes reservas de mata atlântica da cidade São Paulo, a maior metrópole da América Latina. Por tratar-se de uma organização sobre Meio Ambiente, sem uma bandeira única, o Pick-upau possui e desenvolve projetos em diversas áreas ambientais.
Acesse: www.pick-upau.org.br

Sobre o Pró-Carnívoros
O Instituto para a Conservação dos Carnívoros Neotropicais – Pró-Carnívoros é uma associação civil, de direito privado, não governamental e sem fins lucrativos. Fundado em 1996, está sediado em Atibaia, São Paulo, e desenvolve projetos em diversas regiões do país. Promove a conservação de mamíferos carnívoros neotropicais e de seus habitats.
Acesse: www.procarnivoros.org.br

Leila Novak, empreendedora social da Ashoka desde 1999, fundou o Instituto Papel Solidário em abril de 2006, como uma associação de fins não econômicos, que nasceu com o objetivo de tornar-se ponto de referência para a multiplicação de uma rede de empreendimentos solidários sustentáveis, visando o desenvolvimento empreendedor comunitário em uma maior escala. Em 2008, foi constituído o IPS Comércio Solidário Justo e Ético de Produtos Artesanais, uma empresa social, com a finalidade de diminuir as desigualdades sociais e econômicas, através do desenvolvimento e comercialização de produtos derivados dos diversos processos de reciclagem e re-utilização de materiais recicláveis, gerando renda e desenvolvendo o empreendedorismo nas comunidades.
Acesse: www.papelsolidario.org.br

Sobre o Consema (Conselho Estadual de Meio Ambiente)
Criado em 1983, por decreto do Governador Montoro, e diretamente subordinado ao seu gabinete, o Consema serviu de embrião para a formação da Secretaria de Estado do Meio Ambiente à qual está hoje integrado. O Consema foi concebido no contexto em que a discussão social de assuntos ambientais tornou-se urgente. Problemas como a poluição de Cubatão, que em 1983 apresentava níveis assustadores, a ameaça à sobrevivência da Floresta Atlântica da Serra do Mar, o ingresso da cidade de São Paulo no triste ranking das cidades mais poluídas do mundo e o início das obras para a construção de usinas nucleares na bela região que, anos depois, se transformaria na Estação Ecológica da Juréia-Itatins, começavam a alarmar uma sociedade antes quase que alienada das questões ambientais. Estes problemas caracterizaram-se como os primeiros desafios enfrentados pelo Conselho, que nasceu para atender os anseios da sociedade e para introduzir definitivamente a política ambiental no cenário político do Estado.
Na verdade, a criação do Conselho Estadual do Meio Ambiente coincidiu com o processo de redemocratização do país, vivido no princípio dos anos 80. Sua criação ocorreu em um momento propício, o da reaproximação dos órgãos governamentais com os setores da sociedade civil. Um período em que a sociedade clamava por maior participação e espaço, para influir em decisões que lhe dizem respeito, como é o caso típico da questão ambiental, sendo o meio ambiente patrimônio de todos.
Deixando-se de lado a Presidência e a Secretaria Executiva que coordenam as ações do Conselho, sua estrutura é formada por dois órgãos permanentes, o Plenário e as Câmaras Técnicas, e um temporário, as Comissões Especiais. Cabe às Comissões Especiais preparar as matérias, sobretudo normas, diretrizes, propostas de resolução etc., a serem apreciadas pelo Plenário ou, em seu nome, acompanhar determinadas atividades ligadas à área de meio ambiente. Às Câmaras Técnicas cabe discutir a viabilidade ambiental de empreendimentos sujeitos a EIA/RIMA e aprová-los ou reprová-los, em nome do Plenário, a não ser que este avoque a si sua apreciação. O Plenário se reúne, pelo menos, uma vez por mês, e as Câmaras Técnicas e as Comissões Especiais, tantas vezes quantas forem necessárias. As reuniões do Plenário e as das Câmaras Técnicas são abertas ao público, assim como, obviamente, as Audiências Públicas.

Comissões Temáticas
1. Comissão de Atividades Industriais, Minerárias e Agropecuárias;
2. Comissão de Atividades Imobiliárias e Projetos Urbanísticos;
3. Comissão de Infraestrutura: Energia, Recursos Hídricos, Saneamento e Sistemas de Transportes;
4. Comissão de Biodiversidade, Florestas, Parques e Áreas Protegidas;
5. Comissão de Políticas Públicas;
6. Comissão Processante e de Normatização

Acesse: www.ambiente.sp.gov.br/consema.php

Pick-upau/Divulgação
Ativistas do Pick-upau, durante votação do Consema.

Pick-upau/Divulgação
Andrea Nascimento, do Pick-upau e Ricardo Boulhosa, do Instituto Pró-Carnívoros, durante votação.

Pick-upau/Divulgação
Membros da mesa eleitoral, durante a conferência do resultado da eleição de ONGs para o Confema.

Da Redação
Fotos: Agência Ambiental Pick-upau

 
 
Copyright 2010 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
     
 

Nas Redes

Agência Ambiental Pick-upau
Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental