Patrocínio
 


 

Notícias+


CECFLORA ganha Casa das Sementes
Infraestrutura que será usada na Rede de Sementes foi patrocinada pela Petrobras

13/10/2019 – O Centro de Estudos e Conservação da Flora – CECFLORA, em São Paulo, acaba de ganhar mais um importante equipamento de pesquisa e manutenção de florestas. A Casa das Sementes, idealizada pela Agência Ambiental Pick-upau, para processar e armazenar cerca de 500 milhões de sementes florestais por ano, o local auxiliará no fomento de processos de restauração ecológica em São Paulo e outros estados.

Reprodução/Pick-upau

CECFLORA ganha a Casa das Sementes.



O local foi projetado para armazenar sementes que serão utilizadas para pesquisas no Projeto Darwin; para produção florestal do Viveiro Refazenda, que realiza projetos de restauração ecológica; no Programa Atmosfera, que promove projetos sobre mitigação de mudanças climáticas; e para a troca e comercialização de sementes através da Rede implantada. Segundo a administração do CECFLORA, o equipamento era imprescindível para o avanço das atividades de reflorestamento da Pick-upau, não só através dela, mas também de outras organizações que realizam ações de restauração e produção de mudas nativas.

Reprodução/Pick-upau

Equipe do Projeto Aves trabalha na pintura da Casa das Sementes.



O CECFLORA que já contava com laboratório, herbário, seção de micologia, xiloteca, insetário, viveiro florestal, horta experimental, alojamento de intercâmbio entre outros espaços, agora terá autonomia para a produção de sementes nativas florestais e frutíferas.

Reprodução/Pick-upau

CECFLORA ganha a Casa das Sementes.



Para a direção da Agência Ambiental Pick-upau, a Casa de Sementes trará novas perspectivas para os projetos da organização e será mais um incremento no mercado de produtos florestais. Atualmente a demanda por produção de mudas, projetos de reflorestamentos e mesmo TACs (Termos de Ajustamento de Conduta), são muito maiores que a disponibilidade de sementes no mercado. Sobretudo, do ponto de vista da biodiversidade.

Devemos considerar ainda, que essa grande demanda e a pouca oferta torna o produto mais caro. Sementes de espécies com menos quantidade por quilo, com algumas exceções, tendem a ser mais caras, pelo custo benefício. Sementes de espécies não pioneiras também são mais caras devido à dificuldade da coleta. Enfim, são muitos os motivos para se celebrar mais uma alternativa nesse mercado florestal em expansão.

Reprodução/Pick-upau

Placa de entrada da Casa das Sementes.



A Casa das Sementes é mais uma ação socioambiental do Projeto Aves, patrocinado pela Petrobras, que visa não somente pesquisas científicas sobre comunidades de avifauna, levantamentos de populações, atividades de sensibilização socioambiental, mas também realizar programas de incentivo e fomento a práticas de preservação e conservação de habitats, incluindo a restauração ecológica e a produção florestal.

Reprodução/Pick-upau

CECFLORA ganha a Casa das Sementes.



O Projeto Aves realiza diversas atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância da conservação das comunidades de avifauna. O Projeto Aves é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, desde 2015.

Da Redação
Fotos: Reprodução/Pick-upau

 
 
 
 
Copyright 2019 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
 

 

 
Patrocínio
 
 
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental