Patrocínio
 


 

Pica-pau-malhado e mais 14 espécies entram na lista de risco
Espécie é reconhecida pela mancha em forma de coração nas costas

05/06/2020 – O relatório de aves do Estado da Índia (Birds of the State of India) incluiu quinze novas espécies como preocupantes, entre elas banasura e ashambu que estão entre aquelas com maior risco. A entrada do pica-pau-manchado (Heart-spotted woodpecker), uma ave com característica florestal, na lista deixou muitos observadores surpreendidos.

Outras espécies que passam a integrar a lista vermelha são Sholakili-de-barriga-branca, capim-de-cauda-larga, sapinhos-de-Nilgiri, pipita-de-Nilgiri e abutre-de-rum-branco. Especialistas já contavam com a inserção dessas espécies na contagem por já havia indícios de preocupação com suas comunidades. No entanto, a menção do pica-pau-malhado (Hemicircus canente) na lista foi uma surpresa, disse o Dr. Nameer, coordenador da Ásia do Sul do Grupo de Especialistas em Planejamento de Conservação da IUCN.

Reprodução/Wikipedia/The Hindu

Pica-pau-malhado (Hemicircus canente).



O Pica-pau-de-coração-manchado, como também é conhecido, possui uma plumagem em preto e branco. Costumam ser vistos em dupla. Possui ampla distribuição na Ásia, com comunidades em florestas do sudoeste e do centro da Índia. A espécie foi descrita em 1832, pelo naturalista francês René Lesson.

Na região de Kerala são registradas outras 13 espécies de pica-paus. O Pica-pau-malhado ostenta esse nome (Heart-spotted woodpecker), por causa da mancha em forma de coração que pode ser vista nas costas da ave. Os documentos de conservação relatam a presença da espécie no Parque Nacional Periyar e nos santuários da vida selvagem Parambikulam e Peechi Vazhani, entre outros lugares.

O relatório divulgado é a “primeira avaliação abrangente da faixa de distribuição, tendências em abundância e status de conservação para a maioria das espécies de aves que ocorrem regularmente na Índia”, informam os responsáveis.

Reprodução/Wikipedia/The Hindu

Pica-pau-malhado (Hemicircus canente).



“Os desafios de conservação enfrentados pelas espécies, incluindo seus habitats, especialidades alimentares e reprodutivas, precisam ser avaliados e as medidas de gerenciamento de conservação evoluídas”, diz Nameer.

A autoridade escreveu a todos os chefes da vida silvestre do Estado para que o relatório seja utilizado para monitorar e documentar a frequência das espécies e incluir as novas informações no Registro de Biodiversidade do Povo.

O relatório registrou ainda a presença crescente de pavões indianos em Kerala, onde ainda não havia sido relatado. As autoridades acreditam que o aumento de algumas espécies é resultado de um conjunto de ações. “Combinação de expansão da faixa e um aumento da população praticamente em toda a sua distribuição”, observou-se. As "razões para esse padrão não foram investigadas em detalhes, mas a expansão para Kerala pode estar associada a uma tendência geral de secagem", completa.

Reprodução/Wikipedia/The Hindu

Pica-pau-malhado (Hemicircus canente).



A presença dos pavões já havia sido mencionada na última década em Kerala, onde há um santuário da vida selvagem o Choolannoor Peafowl Sanctuary, em Palakkad. Agricultores da região já vinham reclamando da perda de safra, devido à presença das aves, mas as autoridades locais concederam a espécie o mais alto nível de proteção legal.

Criado em 2015, dentro do setor de pesquisa da Agência Ambiental Pick-upau, a Plataforma Darwin, o Projeto Aves realiza atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância em atuar na conservação das aves.

Da Redação, com informações do The Hindu
Fotos: Reprodução/Wikipedia/The Hindu

 
 
 
 
Copyright 2020 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
     
   

 

     
Patrocínio    
     
     
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental