Patrocínio
 


 

Lista Vermelha avalia status de perigo para aves
Relatório avalia condição de espécies de todo o planeta


26/02/2021 – Segundo a Birdlife International, existem 10.999 espécies de aves no planeta. Para a instituição essas aves estão em diferentes estágios de conservação, algumas ameaçadas, outras com status de quase extinção e ainda aquelas com abundância de indivíduos.

Pesquisadores científicos acreditam que estamos passando por uma nova extinção em massa, em uma era identificada como Antropoceno, Antropo está relacionado aos humanos, pois somos a principal fonte do problema, nesta nova fase de extinção, que novamente tem o dióxido de carbono como arma principal.


Reprodução/Maxpixel

 



Uma autoridade na conservação de aves, a Birdlife é considerada a mais antiga organização internacional de conservação do mundo, e a principal colaboradora, no assunto avifauna, da Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas, produzida pela União Internacional para a Conservação da Natureza, IUCN, na sigla em inglês (International Union for Conservation of Nature), que avalia o staus de conservação de plantas e animais em todo o planeta.

Este ano, uma nova espécie de ave foi adicionada à Lista, o pica-pau-de-óculos (Dicaeum dayakorum), que habita Bornéu, uma ilha localizada na Ásia. A entidade afirma que 8.460 espécies, 77% do total, estão em um grau menor de preocupação. As 2.487 espécies restantes (23%), estão com status variados de perigo. Incluindo 223 espécies em perigo crítico ou em risco de extinção iminente. Outras 460 espécies estão classificadas como ameaçadas e de alto risco de extinção. O relatório completo pode ser acessado no site da Birdlife.


Reprodução/Maxpixel

 



Quando uma espécie é classificada como “Quase ameaçada”, por exemplo, significa que esta espécie precisa de atenção, pois o número de espécimes sofre grande pressão. Por outro lado, cinquenta e duas espécies em todo mundo estão classificadas como “Deficientes de dados”, ou seja, são aquelas com poucas informações sobre suas condições.

A lista traz ainda cinco espécies listadas como “Extinta na natureza”, existindo apenas em cativeiro. Esses parâmetros são importantes para a criação de políticas públicas e ações de organizações conservacionistas em todo o mundo.


Reprodução/Maxpixel

 




As mudanças climáticas e os impactos causados pela humanidade são as principais pressões que as espécies sofrem. Conhecemos o problema, sabemos as causas e como evitar uma tragédia maior, mas falta vontade política e ações efetivas para mudarmos esse cenário.

Criado em 2015, dentro do setor de pesquisa da Agência Ambiental Pick-upau, a Plataforma Darwin, o Projeto Aves realiza atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância em atuar na conservação das aves.

Da Redação, com informações do Star Tribune e agências internacionais.
Fotos: Reprodução/Maxpixel

 
 
 
 
Copyright 2021 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
     
   

 

     
Patrocínio    
     
     
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental