Patrocínio
 


 

Magalu atende pedido da Pick-upau e bani produto contra aves
Magazine Luiza retirou de sua plataforma digital equipamento que espantava aves

05/07/2021 – A biodiversidade sofre todos os tipos imagináveis de agressão, aqui no Brasil vivemos tempos estranhos. Na área ambiental os desafios que já eram imensos, agora parecem quase uma tarefa impossível. Mas o fato é que desafios são inerentes ao ativismo ambiental no Brasil e em qualquer parte do mundo.

Há dois meses uma ativista da Agência Ambiental Pick-upau, ao realizar pesquisas de mercado de insumos para a organização se deparou com o equipamento intitulado “Espanta Pássaro Guardian 2 Eco À Gás Portátil Com Pedestal Fixo”. Uma espécie de bazuca que deveria ser conectado em um botijão de gás GLP, e que prometia, segundo sua descrição, espantar pássaros (sic), roedores, morcegos e qualquer outro animal que pudesse ser considerado uma ameaça para sua produção no campo.


Reprodução/Maxpixel

 



Tudo parecia um erro naquele anúncio. Uma imagem agressiva, que nada combinava com a plataforma; o uso de gás GLP, por certo um risco imenso à vida, até o próprio anunciante alertava para uso longe de crianças, entre outros cuidados no uso; a ausência completa de estudos ou justificativas científicas que aquele equipamento não causaria danos à saúde humana ou a biodiversidade. Até o escárnio de chamar o produto de ‘eco’, querendo atribuir ao equipamento um teor ecológico que jamais teria.

Os danos à biodiversidade podem ser inúmeros. A bióloga-chefe da Agência Ambiental Pick-upau, Viviane Rodrigues Reis, explica, por exemplo, com ruídos podem afetar bandos mistos de aves. “Bandos mistos são associações de duas ou mais espécies, cuja coesão está relacionada à cadeia de interações entre os indivíduos dos bandos. Bandos mistos de aves podem ser caracterizados segundo a dieta dos membros que integram o bando e sua posição no estrato vertical. Existem bandos heterogêneos, bandos do sub-bosque e bandos de copa. Os bandos mistos de copa são formados principalmente por espécies que se alimentam tanto de insetos como de frutos e tendem a ser instáveis, enquanto que os bandos de sub-bosque são compostos em sua grande maioria por espécies com dieta basicamente insetívora, possuindo elevada estabilidade e diversidade de espécies (Munn & Terborgh 1979, Powell 1979, Gradwohl & Greenberg 1980, Munn 1985, Jullien & Thiollay 1998). (Maldonado-Coelho, M. & Marini, M. A., 2003). Os ruídos podem afetar igualmente estas espécies no que se refere à reprodução, defesa contra predadores e saúde destes animais”.


Reprodução/Maxpixel

 



Diante do absurdo que aquele anúncio representava a Pick-upau, por meio do Projeto Aves, solicitou que a Magalu retirasse o produto imediatamente de sua plataforma, enviando um ofício à empresa com argumentos técnicos, científicos e conservacionistas, explicando os riscos de conformidade, estratégico, de integridade e de reputação em que a empresa estaria sujeita.

Dois dias após a solicitação da Pick-upau, o Magalu baniu o equipamento de sua plataforma, confirmando sua responsabilidade ambiental nesse caso. A Organização identificou a oferta desse produto em dez empresas de varejo online, sendo nove empresas de grande porte, que dominam o mercado no Brasil.

Apesar do banimento do equipamento, que estava sendo vendido pelo sistema de parceria marketplace, ou seja, anunciado pelo Magalu, mas vendido por outro fornecedor, a empresa não informou desde quando o anúncio estava online ou quantos equipamentos foram vendidos. De qualquer forma, a Agência Ambiental Pick-upau agradeceu a iniciativa da Magalu em banir o produto de sua plataforma.


Reprodução/Maxpixel

 



Criado em 2015, dentro do setor de pesquisa da Agência Ambiental Pick-upau, a Plataforma Darwin, o Projeto Aves realiza atividades voltadas ao estudo e conservação desses animais. Pesquisas científicas como levantamentos quantitativos e qualitativos, pesquisas sobre frugivoria e dispersão de sementes, polinização de flores, são publicadas na Darwin Society Magazine; produção e plantio de espécies vegetais, além de atividades socioambientais com crianças, jovens e adultos, sobre a importância em atuar na conservação das aves.

Da Redação
Fotos: Reprodução/Maxpixel

 
 
 
 
Copyright 2021 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
 
     
   

 

     
Patrocínio    
     
     
     
 

Nas Redes

Quem Somos
  Pesquisa Científica
Reflorestamento e Produção Florestal
corporativo@pick-upau.org.br Mitigação de Mudanças Climáticas
55 11 3571-3480 CECFLORA - Centro de Estudos e Conservação da Flora
São Paulo - SP Negócios Sustentáveis
  Publicações
  Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental