Pick-upau online

 

Notícias+

Governo da Alemanha e Pick-upau se unem pela Mata Atlântica
Parceria irá fomentar a produção de mudas de espécies nativas

28/11/2011 – A coordenadora geral do Projeto Refazenda, Andrea Nascimento, acaba de anunciar mais uma parceria para a produção de mudas nativas. O governo da República da Alemanha, através de sua Embaixada, firmou parceria com a Agência Ambiental Pick-upau para fomentar a produção florestal de espécies arbóreas da Mata Atlântica.

A Alemanha já tem um grande histórico de investimentos em meio ambiente no Brasil, sempre com destaque para a preservação e manutenção da Mata Atlântica. Agora o país será mais um parceiro do Refazenda, que desde 2008, produz mudas para reflorestamento.

Pick-upau/Divulgação
Produção florestal do Refazenda será ampliada.

Segundo Nascimento, a parceria abre uma nova fase para o projeto que já foi concebido de forma inovadora. “Poder anunciar uma parceria como essa no Ano Internacional das Florestas era uma das metas do Pick-upau e estamos muito satisfeitos como esse novo desafio”, diz a coordenadora.

Para o diretor-executivo, da Agência Ambiental Pick-upau, J. Andrade, a parceria é o reconhecimento do trabalho que vem sendo feito pela organização na preservação e manutenção da Mata Atlântica. “A parceria com o governo alemão demonstra a importância socioambiental que o Refazenda apresenta à sociedade. É um prazer poder dizer aos brasileiros que estamos aqui, vamos fazer o possível para manter a floresta em pé, recuperar o que foi destruído e que não estamos sozinhos”, diz Andrade em relação a parceria com a Alemanha.

Pick-upau/Divulgação
Alemanha financiará produção de espécies nativas da Mata Atlântica.

Em 2011 a Alemanha anunciou o fim das usinas nucleares naquele país, após o desastre de Fukushima. Saiba mais

Governo alemão decide eliminar energia nuclear até 2022
Milhares foram às ruas para pressionar pelo fim da energia nuclear


Veja também:
Cônsul da Alemanha visita Projeto Refazenda
Comitiva alemã conhece viveiro de mudas do Pick-upau em aldeia indígena


Sobre o Pick-upau
O Pick-upau é uma organização não-governamental sem fins lucrativos de caráter ambientalista 100% brasileira dedicada à preservação e a manutenção da biodiversidade do planeta. Fundada em 1999, por três ex-integrantes do Greenpeace-Brasil e originalmente criada no Cerrado brasileiro, tem sua base, próxima a uma das últimas e mais importantes reservas de mata atlântica da cidade São Paulo, a maior metrópole da América Latina. Por tratar-se de uma organização sobre Meio Ambiente, sem uma bandeira única, o Pick-upau possui e desenvolve projetos em diversas áreas ambientais. Saiba mais: www.pick-upau.org.br

Sobre o Projeto Refazenda
O Projeto Refazenda é uma iniciativa do Pick-upau, uma organização não-governamental sem fins lucrativos de caráter ambientalista, 100% brasileira, em parceria com empresas, fundos, governos e a Aldeia Guarani Tenonde Porã. O programa tem entre seus principais objetivos a produção de mudas nativas da mata atlântica, como forma de fomento da economia da comunidade indígena beneficiada e o aumento da oferta de produtos florestais destinados a recuperação e ampliação da cobertura vegetal de um dos biomas mais ameaçados do país, a Mata Atlântica. Saiba mais: www.refazenda.org.br

Sobre a Terra Indígena Tenonde Porã
A aldeia Tenonde Porã está situada na região sul do município de São Paulo (cerca de 60 km do centro), Distrito de Parelheiros, com grande parte da área indígena às margens da represa Billings. A comunidade Guarani M’bya possui apenas 26 hectares, demarcados e homologados em 1987, onde vivem atualmente 170 famílias com cerca de 900 pessoas. Apesar do crescimento acelerado e desordenado da região e do contato com a sociedade do entorno, esta população vem se assegurando como um povo. Os conhecimentos milenares são passados por gerações através da oralidade dos mais velhos, seus rituais, artesanato e da valorização de sua cultura.

Sobre a Alemanha
A Alemanha pertence à União Européia (UE), seu território estende-se desde o Mar do Norte e do Mar Báltico a norte até os Alpes ao sul. É atravessado pelo Rio Reno, Rio Danúbio e o Rio Elba. É o país da UE com o maior número de habitantes e o alemão é a língua com maior número de falantes na Europa. A Alemanha é uma República Federal, o Bundestag (Assembleia Federal) o órgão legislativo nacional, tem seus membros eleitos por votação universal e os mandatos duram quatro anos. O Bundesrat (Conselho Federal) é composto por 69 representantes de 16 Estados Federados (Bundesländer). A Alemanha ficou dividida após a Segunda Guerra Mundial e o Muro de Berlin foi o símbolo dessa divisão. A parte ocidental, República Federal da Alemanha, tinha regime democrático e a parte oriental República Democrática da Alemanha, com regime comunista. A Alemanha foi reunificada depois da queda de do Muro em 1989. O país destaca-se na produção de automóveis, fato que o leva a ser a terceira economia mundial. Além disso, a indústria mecânica de precisão de equipamentos eletrônicos, de comunicações e os setores químicos e farmacêuticos se sobressaem. Algumas empresas alemãs investiram em países da Europa Central e Oriental que entraram para a UE em 2004. Compositores como Johann Sebastian Bach, Ludwig van Beethoven, Johannes Brahms e Richard Wagner são alemães, fato que fez com que o país contribuísse muito com a música clássica europeia. Já no campo das letras e ideias, pode-se citar Lutero, Goethe, Schiller, Nietzsche, Kant, Brecht e Thomas Mann. A Alemanha, segundo produtor mundial de lúpulo, tem a qualidade da sua cerveja mundialmente conhecida, além de fabricar vinhos nos vales dos rios Mosela e Reno.

Ano de adesão à União Europeia: Membro fundador
Sistema político: República Federal
Capital: Berlim
Superfície total: 356 854 km²
População: 82 milhões de habitantes
Moeda: euro
Língua oficial: alemão

Da Redação
Fotos: Pick-upau/Divulgação

 

 

 
 
Copyright 2011 - Pick-upau - Todos os direitos reservados - São Paulo - Brasil
Fazendo você entender o Meio Ambiente por inteiro.