A poluição por plástico tornou-se uma das questões ambientais mais urgentes do planeta.
Veja o que mundo está fazendo para mudar esse cenário.

 

 
 
 
 

Lixo plástico em ilhas remotas ameaça tartarugas e outros animais

Além do risco aos animais aumentam as temperaturas em 2,5°C

 
 

28/05/2021 – Pesquisa realizada nas ilhas Henderson, no Pacífico Sul e Cocos (Keeling), no Oceano Índico, em uma região remota da Austrália expõe que o lixo plástico funciona como um isolante na praia, deixando a areia mais quente e causando a morte de filhotes de tartarugas marinhas fêmeas.

Cientistas afirmam que as alterações diárias de temperatura como resultado da poluição de plástico podem interferir de forma significativa nos ecossistemas costeiros e afetar animais como aves migratórias e tartarugas marinhas. Era sabido que a poluição por plástico nas duas ilhas já havia causado a morte de mais de meio milhão de caranguejos-eremitas.

Foram realizadas medições diárias de temperatura em sedimentos de praia em seis locais nas ilhas. Os pesquisadores do Instituto de Estudos Marinhos e Antárticos da Universidade da Tasmânia e do Museu de História Natural de Londres, descobriram que a poluição por plástico estava diretamente ligada a um aumento das temperaturas máximas diárias de 2,45°C e uma queda nas mínimas diárias de 1,5°C. A pesquisa publicada Journal of Hazardous Materials, registra até 3 kg de plástico por metro quadrado nas praias das ilhas, onde há locais desabitados ou 256 toneladas de lixo plástico.


Foram realizadas medições diárias de temperatura em sedimentos de praia em seis locais nas ilhas. Foto: Maxpixel/Reprodução


Jennifer Lavers, da Universidade da Tasmânia, principal autora do estudo, afirma que o aumento da temperatura associado ao plástico pode ter impactos devastadores na fauna e em organismos que vivem em sedimentos de praia, que desempenham um papel vital em ecossistemas costeiros tropicais.

“Eles são equivalentes às minhocas. São basicamente as criaturas que reviram o solo. Quando você tem plástico se empilhando, ele cria essa camada de isolamento - aumenta rapidamente a temperatura a um ponto em que provavelmente é inadequado para a maioria dos animais”, diz Lavers ao The Guardian.

Para a pesquisadora é possível que sejam criadas “zonas mortas” costeiras por conta do calor extremo. A meiofauna (invertebrados e vermes) é importante fonte de alimento para aves limícolas migratórias. E ressalta que as tartarugas marinhas também dependem da temperatura. Segundo a pesquisadora, temperaturas mais altas resultam em mais filhotes fêmeas.

As taxas e perspectivas atuais de lixo plástico no mundo são pessimistas. A produção global de plástico tem dobrado a cada década e estima-se que 12 bilhões de toneladas de resíduos plásticos sejam descartados em aterros e no meio ambiente até 2050, se nada for feito.

“As praias em todo o mundo que atualmente exemplificam as cargas de detritos baixas e moderadas que observamos em Henderson e Cocos provavelmente passarão por uma transição para detritos altos nas próximas décadas”, descobriram os pesquisadores.

Uma grande quantidade de lixo plástico chega às praias e aos oceanos, por isso é necessário uma mudança no consumo e na forma como lidamos com os resíduos plásticos.

Da redação, com informações do The Guardian e agências internacionais
Fotos: Maxpixel/Reprodução

 
 
 
     
     
PARTICIPE    
 
ENVOLVA-SE   TOME UMA ATITUDE
O movimento Plastic no Thanks incentiva empresas, organizações, governos e sociedade civil a trabalhar para um mundo sem poluição plástica.   Precisamos agir e para isso teremos que unir esforços. O movimento Plastic no Thanks é uma ação que trabalha para livrar o planeta do lixo plástico.
     
     
 
 
 
   
UNIDOS PODEMOS
FAZER MUITO MAIS E MELHOR
O Plastic no Thanks espera que sua Empresa integre nosso movimento para reduzir e eliminar o lixo plástico do planeta. Cadastre sua Empresa e faça parte desta iniciativa.

 
 
 
     
     
COMECE AGORA    
 
VOCÊ FAZ A DIFERENÇA   SUAS ATITUDES
Conheça os signatários do movimento Plastic no Thanks. Junte-se a iniciativa.   Conte sua história! Fale para a agente o que você faz para reduzir o comsumo de plástico.
     
     
 
 
 
   
SOBRE O MOVIMENTO
PLASTIC NO THANKS
O Plastic no Thanks é um movimento que trabalha para eliminar ou ao menos reduzir a poluição de plástico no planeta, sobretudo aqueles de uso único, como embalagens e peças descartáveis, como copos e canudos.

 
 
 
 
     
     
PLASTIC NO THANKS CONHEÇA + PROJETOS
SIGA-NOS
 

 

 
 
Quem Somos
Signatários Programa de Compliance
Tome uma atitude Negócios Sustentáveis
Envolva-se Projeto Aves
Alianças Rede de Sementes e Mudas
Notícias Pesquisa Científica
Iniciativas Reflorestamento e Produção Florestal
Doar Mitigação de Mudanças Climáticas
FAQ Publicações
Contato Acervo Técnico
  Central de Educação e Jornalismo Ambiental
  Centro de Estudos e Conservação da Flora
   
     
 
Todos os direitos reservados. Plastic no Thanks 2021 - 2022. Agência Ambiental Pick-upau 1999 - 2022.